Contrato

Quanto aos contratos de trabalho, eles podem ser firmados no Brasil com as leis trabalhistas vigentes aqui ou, o que é o mais comum, diretamente com empresas em Angola.

Os contratos firmados em Angola representam algum grau de risco que deve ser ponderado pelo profissional em contratação. O risco reside no fato de tais contratos não protegerem o trabalhador brasileiro à semelhança da proteção que esse possivelmente teria em uma situação de litígio entre a empresa e o trabalhador em seu país de origem.

Isso se dá já que em caso de um problema e necessidade de uma ação trabalhista, a burocracia irá atuar contra você, já que sua presença pode ser requerida em Angola durante o processo, que pode demorar bastante com o agravante que tal permanência não teria mais o apoio logístico da empresa.

Sem dúvida, existe nessa relação um grau de risco a ser assumido e que deve ser pesado para ter clareza se a proposta é atraente. Não são comuns, principalmente entre grandes empresas, casos de não cumprir o que foi combinado, até porque as empresas que pretendem manter-se naquele mercado procuram zelar pelo seu nome e sua capacidade de trazer expatriados.

Referências sobre a empresa
Para se informar melhor sobre essa questão, é interessante que se pesquise sobre a reputação e quão confiável é a empresa. Uma forma de fazê-lo é buscar contato com profissionais que trabalham atualmente ou no passado com a instituição. Um meio possível disponível hoje em dia são as próprias redes sociais, como o Facebook, com a comunidade Brasileiros em Angola.

O ideal é que você tenha recomendação da empresa ou tente um contato o mais direto possível, a fim de conseguir transparência da pessoa que vive ou viveu a experiência com a instituição. Lembra-se que aqui no site Viver Angola é possível cadastrar seu currículo e disponibilizá-lo a grandes empresas que tem uma atuação mais sólida em Angola e que gozam de boa reputação entre seus colaboradores.

Conheça Angola:
Trabalhar em Angola: Como fica o contato com o Brasil? Saiba aqui.
A brasileira que já foi três vezes trabalhar em Angola. Saiba aqui.
Qual vacina é obrigatória para solicitar o visto? Saiba aqui.