O ministro da Saúde, José Van-Dúnem, considerou nesta terça-feira, em Luanda, que o ano de 2011 foi um sucesso, a julgar pela dinâmica do executivo, traduzida na organização e apreço dos profissionais da saúde.
Segundo o governante, que falava na cerimónia de cumprimentos de fim de ano, houve um aumento na formação permanente, principalmente de enfermeiro, e de vários congressos que reuniram técnicos nacionais e internacionais no país.
Acrescentou que a municipalização de serviços de saúde tornou-se realidade, levando os angolanos a ter autonomização, estando mais próximo deles, o que permite a responsabilidade e recurso dos administradores.
Entretanto, a acção de formação reflectiu primeiro nos enfermeiros, por serem mais numerosos e estarem mais próximo das populações.
De acordo com o ministro, a mortalidade infantil, materna e por malária baixou consideravelmente, bem como aumentou a esperança de vida, tanto de homens, quanto das mulheres, de 45 para 52 e 53 anos.

Fonte: Angola Press, 21/12/2011

http://www.portalangop.co.ao/motix/pt_pt/noticias/saude/2011/11/51/Ministro-Saude-considera-2011-como-ano-sucesso,8eb2b0a4-5112-4a86-95bf-f0eb6153a694.html